Informações Importantes

  • Caso o antepassado italiano tenha se naturalizado brasileiro, isso não prejudicará o direito ao reconhecimento da cidadania, desde que seus filhos tenham nascido antes do decreto de naturalização. Nesse caso, apresentar segunda via original da certidão positiva de naturalização.
  • Se o antepassado italiano morou em outros países além de Brasil e Itália Por exemplo (Antes de imigrar ao Brasil, morou por um período na Argentina), será necessário obter também uma certidão negativa de naturalizaçãojunto às autoridades de cada país em que ele tenha morado.
  • Se o italiano casou-se na Itália, apresentar o registro de casamento (estratto dell’atto di matrimonio) emitido pela Comune.
  • Caso o italiano tenha se casado duas vezes, deve-se apresentar o primeiro casamento, o óbito da primeira esposa (ou eventual divórcio) e depois o segundo casamento.
  • Se o casamento ou o óbito ocorreram em outro país que não Brasil e nem Itália, (ex.: nascido na Itália, casado na Argentina, falecido no Brasil), será necessário providenciar a respectiva certidão junto às autoridades do país em ela foi originalmente registrada.
  • É necessário todos os óbitos ocorridos e divórcios e certidões de nascimento das esposas que contraíram matrimonio antes de 26/04/1983.